“Tem que pagar ou ter um caso”, diz Fani Pacheco sobre posto de rainha da bateria

Fani Pacheco (Foto: Reprodução / Instagram)
Fani e o noivo Leandro Dias (Foto: Reprodução / Instagram)

Fani Pacheco (Foto: Reprodução / Instagram)
Fani Pacheco (Foto: Reprodução / Instagram)

Apesar de ter sido vista na concentração da Estácio de Sá na noite deste domingo (7), Fani Pacheco não irá desfilar na Sapucaí. Dessa vez, a ex-BBB irá apenas trabalhar como apresentadora.

Fani contou ao jornal ‘Extra’ que não teve boas experiências nas duas vezes que desfilou por uma escola de samba. Ela falou que foi assediada pelo presidente da Vila Isabel no carnaval de 2008 e que foi cobrada em R$ 2 mil pelo camarote e R$ 10 mil pela fantasia. Na época, Fani ameaçou denunciar o presidente e ganhou a roupa.

Já em 2009, na Beija-Flor, a apresentadora não teve que pagar a fantasia, mas não ganhou camisa para o então noivo acompanhá-la no sambódromo carioca. Ela ainda contou à publicação que nunca foi convidada para ser rainha. “Tem que ser muito top, pagar ou ter um caso com o presidente. Não me encaixo em nenhuma delas.”

O post “Tem que pagar ou ter um caso”, diz Fani Pacheco sobre posto de rainha da bateria apareceu primeiro em Jetss.


Últimas notícias